Dia Global de Evangelismo e Oração

Um Dia: 2 Junho 2012 Um Mundo: 200 Naçõesma Mensagem: Jesus CristoO Dia Global de Evangelismo e o Dia Global de Oração juntar-se-ão para unir os dois pilares fundamentais do Cristianismo: Oração e Evangelismo.A visão do Dia Global de Evangelismo é a mobilização de Cristãos em mais de 200 nações.
A Wikipedia teve início em 2001 com a participação de 19 profissionais os quais em 3 anos escreveram apenas 20 artigos. Eventualmente colaboradores não-profissionais deram continuidade escrevendo mais de 20 milhões de artigos poucos anos depois. Wiki significa “fácil”. O Dia Global de Evangelismo é um “Wiki-dia-evangelistico”
Os não-profissionais irão alcançar milhões de pessoas com o Evangelho em todos os lugares; quer seja em hospitais, prisões, na vizinhança ou nas ruas.
Isto  não  pode  ser  alcançado  por  uma  única  pessoa  ou  organização,  mas  somente  através  da  unidade  global  do  corpo  de  Cristo,  em  que  juntos  oramos,  trabalhamos  e  nos   posicionamos.

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Anúncios

Missionários de Oração por Angelo Bazzo

Em todo o Corpo de Cristo, o fato de Deus chamar pessoas para missões específicas é algo normal. Cremos em “chamado”, cremos em um Deus que gera vocação. Entre os cristãos, a pessoa vocacionada recebe o nome de “missionário”. Este nome é fantástico, pois mostra que a missão de Deus encontra espaço na existência de um filho seu. Ser missionário é ser um vaso cujo o conteúdo é a missão de Deus.

Mas qual é a missão?

Nas escrituras vemos que a missão principal de Deus está ligada à comunhão. Deus, em sua essência triuna, é uma relação entre três pessoas. E o maior desejo e missão de Deus é fazer com que sua essência seja expandida em todo o Universo. A missão de Deus é comunhão e a expansão desta comunhão.

Nos profetas existe um versículo interessante que diz : “Deus não fará coisa alguma sem antes revelá-la aos seus servos os profetas” (AM 3.7). Creio que isso nos mostra que as ações de Deus estão relacionadas com ele revelar o que pensa para algumas pessoas. Logo, o plano de Deus de expandir sua comunhão, acontece por meio de ele ter comunhão com pessoas. Falando de outra forma: para expandir a comunhão Deus tem comunhão.

Por isso, penso que um verdadeiro missionário é alguém que está irremediavelmente chamado para expandir a comunhão de Deus por meio da comunhão com Deus.

Mas como isso aconteceria na prática?

Creio que a oração é a resposta.

Quando pensamos na palavra comunhão precisamos pensar também na palavra comunicação, pois as duas vem da mesma raiz. E de fato é impossível se ter comunhão sem comunicação.

Por isso, quando digo que a oração é a resposta, estou querendo dar a entender que a oração é a comunicação que gera comunhão.

Sabemos que a oração correta é aquela feita de acordo com a vontade de Deus. Por isso, para orarmos dentro da realidade comunicativa da comunhão é preciso conhecer a vontade de Deus.

E é aí também que a comunhão se desenrola. Quando Deus mostra sua vontade é a via celestial comunicando sua parte. Quando oramos esta vontade em resposta ao que temos entendido, então neste exato momento a comunhão está acontecendo.

Deus fala sua vontade e o homem ora, isso é comunhão.

Desta forma eu chego à expressão “missionário de oração”. Pois o intercessor nada mais é do que aquele que, conhecendo a vontade de Deus, passa a orar e viver em prol da realização de tal vontade.

Creio que nestes dias Deus está levantando um novo tipo de missionário na terra. Ele está erguendo pessoas que estão vocacionadas para orar. Isso pode parecer estranho por dois motivos:

-Primeiro porque pensamos que todo cristão é chamado para isso. E este pensamento é correto. Mas temos que ser realistas e perceber que de fato os cristãos não oram. Olhe ao redor, veja quantas pessoas que você conhece que são devotadas a oração?

É por isso que precisamos de pessoas que são chamadas de forma integral para orar. Pois após estarem totalmente mergulhadas nesta realidade, elas serão enviadas por todo o globo terrestre para despertar o Corpo de Cristo para sua “missão sacerdotal”.

-Em segundo lugar, pensamos que oração não é um trabalho, ou uma atividade, ou algo que mereça atenção tão grande de tempo e foco. E se pensamos assim, simplesmente provamos o ponto acima. De fato estamos totalmente desligados da missão de Deus, ainda que carreguemos o título de cristãos.

Deus, neste tempo, esta chamando homens e mulheres que vão viver aquilo que Deus tem para todos, mas que a maioria ainda não vive, e assim poderão ser enviados pelo Corpo de Cristo para que cada membro faça o que sempre deveria de ter feito.

Isso acontecerá antes da segunda vinda, e isso preparará a Igreja de Jesus ( Ap19).

Fonte: http://www.revistaimpacto.com.br

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>