Um salmo para minha querida avó

Tive o privilégio de passar junto com minha avó os últimos momentos de sua vida. Agradeço a Deus por seus 69 anos de vida, também agradeço a Deus pelo exemplo de fé e testemunho de vida que ela passou para mim.  O salmo abaixo é a expressão do sentimento que estava dentro de mim no momento em que minha avó partiu para junto do Pai.

Quando o sofrimento vem

O clamor por cura Quase se cala

E então a vontade que dá é chamar Venha morte, venha morte leve embora esse sofrimento

Jesus você venceu a morte e o inferno

Dê ordem ó Senhor de tudo e de todos, dê ordem para que a morte venha

Leve embora morte o sofrimento que me asfixia

Leve embora morte o sofrimento que me aperta

Leve embora morte o sofrimento que se aglutina dentro daquela que amo

Misericórdia e graça caminham tão perto que quase não consigo distinguir uma da outra

Venha misericórdia, venha graça leve junto com a morte a esperança da vida na terra

Venha misericórdia, venha graça leve junto com a morte minha amada para vida eterna

Quando o sofrimento vai embora deixa a saudade, mas prefiro ficar com a saudade do que sentir a dor daquele sofrimento por mais um dia

A saudade fica e junto com ela uma certeza Zumar Motta Quintanilha descansou e vive eternamente com o Pai.

E quando a morte vier nos encontrar, será que aqueles que nos amam terão também essa certeza?

No amor de Jesus

Pedro Quintanilha ><>

Compromisso

Ontem meu irmão e discipulador Thiago ministrou sobre nosso compromisso com o que Deus tem falado no tempo presente com base em João 17.1 quando “Jesus diz Pai é chegado a hora…” Ele identifica a hora pois estava em plena sintonia com o Pai ele via o que o Pai estava fazendo. Quando temos intimidade com Deus nós enxergamos a sua vontade para o tempo presente. Thiago também compartilhou uma canção do grupo Logos que leva-nos a refletir sobre o compromisso que temos de ter com Deus e uns com os outros. segue a letra abaixo que sirva para refletirmos juntos.

Gente que segue na vida afora

Crente que ignora sua própria fé

Dá um passo mas depois vacila

E já nem consegue mais, saber o que quer…

Gente que cresceu mas é criança

Crente que a esperança já perdeu

Diz que um dia creu, não sabe quando

Mas vive pecando e diz: A vida é assim!

A vida não é assim, (a vida não é)

Ser crente é ter compromisso!

Se você está brincando com isso

Jamais viu a Deus…

Precisa aprender então,

Que o laço está posto agora…

À espera da sua hora

Oh, busque o perdão!

Gente que põe pedra no caminho

Crente joio, espinho pra ferir

Alma tão carente e sem rumo

Vai junto com a multidão… e ainda sorri…

Gente que permite o tempo em fuga

Que se enruga e nunca fruto dá.

Crente que o destino é seu remédio

Mas, no tédio, provará o vale sem Deus.

Gente que apresenta ser de dentro

Crente que lá fora é desleal

Que o mal também faz seu amigo

E vive dizendo igual: A vida é assim!

A vida não é assim, (a vida não é)

Ser crente é ter compromisso!

Se você está brincando com isso

Jamais viu a Deus…

Precisa aprender então, 

Que o laço está posto agora…

À espera da sua hora

Oh, busque o perdão!

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

A Comunidade dos Destemidos

Pertenço à comunidade dos destemidos.

Tenho o poder do Espírito Santo, minha decisão está tomada.

 Já dei o passo à frente, não vou olhar para trás,

nem parar; nem reduzir a marcha, nem ficar inerte.

Meu passado está redimido; meu presente faz sentido; meu futuro está garantido.

Não quero mais a mediocridade,

nem os joelhos macios ou as distrações tolas.

Não estou mais interessado em prosperidade,

riquezas, dinheiro, sucesso, fama ou promoções.

Não preciso mais estar sempre com a razão, ser o primeiro,

ser reconhecido, admirado ou recompensado.

Agora vivo pela fé, descanso no poder do meu Senhor,

motivado pela oração e trabalhando sob Sua direção.

Sigo com perseverança no caminho estreito e difícil.

Os companheiros são poucos, mas meu Guia é

confiável e a missão é clara.

Ninguém conseguirá me seduzir, iludir,

distrair, retardar ou fazer contemporizar.

Não vou desistir, não vou me calar, nem parar, até

que tenha feito tudo o que posso pela causa de Cristo.

Sou um discípulo de Jesus. Preciso prosseguir até que Ele volte,

dar tudo o que eu tenho e pregar até que todos conheçam.

Quando Ele vier para os Seus, encontrará

meu estandarte bem levantado

Amém. Vem depressa Senhor Jesus!!!

(Autor Desconhecido)