O Buraco É Mais Embaixo

Hoje 20/12/2011 vindo para o trabalho com minha esposa, encontramos na descida da ponte um bueiro sem tampa. Nós estávamos de moto e por não estarmos rápido deu para desviar, então minha Flávia falou assim: “precisamos fazer alguma coisa, isso é muito perigoso as pessoas podem cair nesse buraco. Isso pode causar um acidente de moto ou mesmo de carro.” Demos a volta no quarteirão pois já tínhamos passado do buraco, paramos a moto e chamei alguns homens da rua para ajudar a colocar pedaços de madeira e galhos no bueiro para sinalizar o buraco e assim evitar acidentes. Uma atitude normal de qualquer cidadão.

Percebi uma coisa, e é justamente por isso que estou escrevendo esse texto. Quando fui chamar os dois camaradas que ajudaram a colocar as madeiras e os galhos no buraco um deles disse o seguinte: “Isso não é problema nosso!” Também notei alguns moradores dali mesmo observando o buraco, mas eles não se moviam. Tinha um homem de meia idade sentado em frente ao buraco observando não sei o que. O que parecia era que ele estava esperando um acidente ou alguém fazer alguma coisa, porém o que precisava ser feito estava ao alcance dele e ele não podia perceber ou não queria se levantar e fazer.

Muitas vezes agimos assim. Existem atitudes simples que se tomarmos podem salvar vidas e infelizmente nos negamos a fazer por afirmarmos, como um dos homens que me ajudou, não ser problema nosso. Não quero de maneira nenhuma exaltar o fato de ter sinalizado um buraco na rua, mas isso me fez pensar em quantas oportunidades nós temos de ajudar pessoas. Não podemos deixar passar as oportunidades que temos em mãos. Nós não vamos conseguir abraçar o mundo e mudar tudo, nem tem porque termos esse peso, pois ninguém pode exigir isso. Podemos começar com simples atitudes de cidadania e solidariedade e cooperar para que uma onda de amor e compaixão invada nossa sociedade gota a gota.

Que essa lição que aprendi hoje possa ser praticada por cada uma de nós, que isso sirva para refletir se temos aproveitado as oportunidades que temos tido.

Se esse texto falou com você comente. Aproveite para escrever aqui nos comentários alguma oportunidade que você aproveitou.

 No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Anúncios

Uma resposta em “O Buraco É Mais Embaixo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s