Seria Jesus Um X-Men?

No mês de maio deste ano, certo pastor afirmou através do Twitterque a razão pela qual Jesus não casou seria o fato de que desse casamento poderia nascer uma raça superior, posto que Jesus não teria apenas genes humanos, mas também divinos.

Ora, foi impossível ler essa declaração e não pensar nos X-Men, personagens de histórias em quadrinhos que são mutantes: humanos que, como resultado de mutações genéticas , desenvolveram habilidades sobre-humanas. Se a natureza humana de Jesus era geneticamente diferente da nossa, então seria Ele um X-Men?

Deixando de lado as especulações do pastor aqui citado, é importante que voltemos nossa atenção para o que as Escrituras afirmam sobre a natureza humana de Cristo. É célebre a declaração de João acerca de Jesus: “e o Verbo se fez carne” (Jo. 1:14). Mas, o que isso significa? Paulo responde essa pergunta dizendo que Jesus “esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens” (Fp.2:7). E o autor da  carta aos Hebreus nos diz que “visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, … era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos” (Hb. 2:14-17).

Jesus, sendo Deus, se fez homem, com todas as necessidades e limitações inerentes à raça humana. Passou por limitações físicas, como a sede (Jo. 19:8), a fome (Mt 4:2; Mc 11:12), o cansaço (Jo. 4:6), o sofrimento e a dor (Jo 18:22; 19: 2,3). Ao se fazer homem, deve que aprender como qualquer um de nós. Ele foi crescendo em sabedoria (Lc 2.52) e aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu (Hb 5.8). Enfim, Jesus se fez plenamente homem. Aliás, o mais humano dos homens.

Mas, qual era então a fonte do seu poder. Seria a presença de gene divino? Não, certamente não.  Sobre a fonte do poder de Jesus, Pedro nos diz: “Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, e como ele andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo diabo, porque Deus estava com ele” (At. 10:38).

A fonte de poder de Jesus está também conosco. Temos o Espírito Santo! A presença de Deus é tudo o que precisamos para viver.

Ter a compreensão correta sobre a humanidade de Jesus é imprescindível para que tenhamos nEle o exemplo e a inspiração para nos humilharmos, nos esvaziarmos de nós mesmos, vivendo sempre na total dependência do Espírito Santo. Afinal, como Paulo nos diz: “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus” (Fp. 2:5).

Fonte: pensandoavida.com blog do Anderson Paz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s