Trabalhando em prol da transformação

Neste sábado participei do IQM Rio 2011 um fórum de idéias organizado pelo Guillermo Lóssio da empresa Gênios 360. Foram apresentados vários que tem como objetivo cooperar para que aja transformação em nossa cultura em vários aspectos, seja nas áreas de negócios, saúde, social, ambiental.

O fórum como o próprio Guillermo falou é só o inicio de um processo que se seguirá e se tornará um instituto que visa desenvolver a melhora de nossas regiões de forma integrada.

Fiquei muito feliz de ser um participante ativo dessa iniciativa, pois creio e trabalho pela transformação, lá eu apresentei um projeto no qual estou trabalhando que é o BOM Cabo Frio este é o banco de oportunidades municipal.

O BOM visa gerar network entre aqueles que estão procurando emprego e aqueles que tem vagas a oferecer, mas muito além de um simples classificado online de empregos o BOM visa desenvolver uma nova mentalidade em nosso município. Desejamos capacitar as pessoas e dar a elas oportunidades de se desenvolver de forma integral. Trabalharemos em prol de uma mentalidade empreendedora para que seja eliminada a mentalidade escrava de nossa região.

Quero deixar claro que o este é um processo e as coisas não vão mudar de uma hora para outra precisamos de apoio e continuidade. Ver as pessoas transformadas, trabalhando gerando renda para suas famílias, riqueza para seu município e crescendo em todos os aspectos da sua vida é nosso objetivo maior.

Não quero ter ou dar um discurso bonito, mas ajudar a fazer acontecer em nossa cidade aquilo que muitos estão esperando de braços cruzados e reclamando, é muito fácil reclamar e criticar, porém se levantar tomar a responsabilidade para si e trabalhar não é pra qualquer um.

Coragem ,perseverança, determinação. Caminhar em direção daquilo que você acredita foram coisas que aprendi neste IQM e que vou lutar para praticar.

Desejo o mesmo para vocês que me suportam e leem este blog.

Se quiser saber mais sobre o BOM acesse: http://bomcabofrio.rj.gov.br/index.php

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Tocar o Céu e Transformar a Terra

Desde de janeiro de 2010 que tenho meditado, refletido e buscado praticar o que escrevo hoje. Fui muito tocado por Deus durante as ministrações do Kaká do ministério Ele Clama, na escola do Clamor de 2010, me identifiquei muito com ele e sua percepção do Reino, conversamos sobre a Igreja e o que Deus estava fazendo em Cabo Frio, ele contou sobre o que Deus estava fazendo em Contagem e em sua vida. É muito gênio quando vemos Deus operando seus planos levantando pessoas e fazendo gente de diversos lugares com suas particularidades caminharem em direção ao Seu propósito.  Andar no mesmo espírito é muito legal e é um desafio, mas é estranho ver que muita gente não consegue entrar no fluir do que Deus está fazendo e falando e isso que me motivou a escrever esse artigo.

“A que posso comparar esta geração? São como crianças que ficam sentadas nas   praças e gritam umas às outras:  ‘Nós lhes tocamos flauta, mas vocês não dançaram; cantamos um lamento, mas vocês não se entristeceram’.” Mt 11. 16,17

 Esse texto fala de algo que está acontecendo no céu, mas que não tem uma correspondência na terra.

 Só será possível tocar a terra com transformação se cooperarmos com o que Deus está fazendo. É preciso parar de pedir que ele abençoe nossas coisas e identificar por meio da oração e busca o que Ele já está fazendo e nos juntarmos a isso.

 Nós (Igreja) temos gastado muito tempo com nossas coisas, realizando nossos programas, nossas conferências, nossas reuniões, nossos shows, nossas festas, nossos grupos caseiros, nossas atividades. Não sou contra nenhuma dessas coisas ao contrário sou a favor só não gosto muito de show gospel (mas isso é pessoal).

 Temos feito muito e vemos pouco avanço, porque o avanço não tem nada haver com o muito fazer, mas sim com ver e fazer aquilo que Ele está fazendo. Precisamos nos envolver com o que Ele está envolvido.

 Com que Deus está envolvido? O que Ele está fazendo?

 Vou te dar minha leitura a respeito desse aspecto o que vejo:

 Vejo que Deus movendo a Igreja para ruas para amar as pessoas, mostrar que ele não está com raiva delas, que ele deseja curá-las sem pedir nada em troca;

 Vejo o movimento dos Santos se consolidando, os 5 ministérios consolidados e capacitando os santos para desempenharem suas funções no meio da sociedade, Apóstolos, Profetas, Evangelistas, Pastores e Mestres treinando o corpo para ser como Jesus e levando o corpo a funcionar;

 Vejo imperadores evangélicos sendo destituídos do poder “Sauls” caindo e “Davis” sendo levantados;

 Vejo a Igreja tomando uma forma nunca vista antes que não é voltando ao molde da igreja primitiva, mas crescendo e evoluindo aprendendo com os erros do passado para construir um futuro glorioso;

 Vejo homens e mulheres entregando suas vidas por uma causa em comum, estes desejosos de ver mudanças radicais na sociedade;

 Vejo a Igreja crescendo de maneira horizontal se relacionando como uma rede sem fim onde Cristo é o cabeça e seu corpo se move pelo Espírito;

 Vejo barreiras denominacionais caindo no coração dos homens como o muro de Berlim e as muralhas de Jericó.

Vejo uma nova cultura sendo levantada, que não será como a subcultura evangélica que existe, vejo a cultura do Reino sendo estabelecida, uma cultura de tolerância, amor, paz, alegria, graça, verdade e justiça.

 Posso ver essas coisas acontecendo em nossos dias a despeito de muitos que só veem o mundo indo de mal a pior. Eu digo não a essa mentira, a criação anseia com ardente expectativa pela manifestação dos filhos de Deus, eu e ,provavelmente, você somos esses filhos (ruios – filhos maduros).

 Lutarei até a morte, por uma terra melhor, por pessoas melhores. Lutarei até a morte para que o Céu venha para Terra. Gastarei toda minha vida pelo Senhor Jesus aquele que venceu a morte e o inferno e me tornou coerdeiro de tudo que tem, aquele que me tornou sua justiça na terra e me incubiu de terminar o que começou. Por que Dele por meio Dele e para Ele são todas as coisas.

 Tudo depende do que agente crê isso determinará como empenharemos nossos esforços.

 Cristo em nós e através de nós é a solução para Terra.

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Ide fazei discípulos

Acredito que este video complementa o último post e além disso expressa o que Deus tem comunicado com ênfase a sua Igreja no tempo presente. Discipulado, relacionamento. De fato igreja é a família de Deus. Que possamos desfrutar mais disso e caminhar para cumprir nossa missão.

Vale refletir, e que essa reflexão gere uma ação prática.

Nós temos uma missão.

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Compromisso

Ontem meu irmão e discipulador Thiago ministrou sobre nosso compromisso com o que Deus tem falado no tempo presente com base em João 17.1 quando “Jesus diz Pai é chegado a hora…” Ele identifica a hora pois estava em plena sintonia com o Pai ele via o que o Pai estava fazendo. Quando temos intimidade com Deus nós enxergamos a sua vontade para o tempo presente. Thiago também compartilhou uma canção do grupo Logos que leva-nos a refletir sobre o compromisso que temos de ter com Deus e uns com os outros. segue a letra abaixo que sirva para refletirmos juntos.

Gente que segue na vida afora

Crente que ignora sua própria fé

Dá um passo mas depois vacila

E já nem consegue mais, saber o que quer…

Gente que cresceu mas é criança

Crente que a esperança já perdeu

Diz que um dia creu, não sabe quando

Mas vive pecando e diz: A vida é assim!

A vida não é assim, (a vida não é)

Ser crente é ter compromisso!

Se você está brincando com isso

Jamais viu a Deus…

Precisa aprender então,

Que o laço está posto agora…

À espera da sua hora

Oh, busque o perdão!

Gente que põe pedra no caminho

Crente joio, espinho pra ferir

Alma tão carente e sem rumo

Vai junto com a multidão… e ainda sorri…

Gente que permite o tempo em fuga

Que se enruga e nunca fruto dá.

Crente que o destino é seu remédio

Mas, no tédio, provará o vale sem Deus.

Gente que apresenta ser de dentro

Crente que lá fora é desleal

Que o mal também faz seu amigo

E vive dizendo igual: A vida é assim!

A vida não é assim, (a vida não é)

Ser crente é ter compromisso!

Se você está brincando com isso

Jamais viu a Deus…

Precisa aprender então, 

Que o laço está posto agora…

À espera da sua hora

Oh, busque o perdão!

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Ensino da Irmã Maria

Nesse fim de semana eu conheci uma senhora amiga da minha avó Zumar, a irmã Maria uma senhora muito simples de 87 anos. Logo assim que ela me viu me abraçou segurou minha mão e começou a cantar uma canção que falava sobre Pedro e como ele segurou nas mãos de Jesus e não morreu, que ele andou sobre as águas e etc. Ela me disse que tinha me visto criancinha na barriga da minha mãe e depois me viu pequeno (coisa de tia mais velha), pude perceber a felicidade no rosto dela ao rever tantas pessoas queridas depois de tantos anos de distância.

Por alguns momentos eu tive o privilégio de conversar com esta senhora que tem um Deus tão grande. Eu olhava pra ela e vinha isso em minha mente “O Deus dessa mulher é muito grande”. Notei que toda hora ela glorificava a Deus. Isso me lembra aquele versículo em hebreus que diz que Abrãao se fortaleceu dando glórias a Deus (talvez seja esse um dos motivos de sua longevidade). Isso foi algo que me marcou naquela mulher, em todos as nossas falas fosse contando uma história de família ou experiência com o Senhor, eu notava que ela glorificava a Deus.

Isso me fez pensar sobre como vemos Deus, pois a forma como vemos e conhecemos a Deus influencia totalmente as nossas atitudes. Nossas crenças conduzem as nossas vidas.

Muitas vezes eu posso notar que alguns cristãos não conseguem enxergar a grandiosidade de Deus, isso me incomoda. Noto isso em mim, muitas vezes eu “diminuo” Deus com algumas atitudes. “diminuo” Deus com a falta de confiança, “diminuo” com a alucinada mania de perseguição do dêmonio (dando mais poder as ciladas do diabo do que aos caminhos de Deus), “diminuo” achando que o dinheiro pode resolver meus problemas, “diminuo” achando que posso viver sem ele, “diminuo” achando que ele não deseja curar os enfermos, “diminuo” achando que ele não me deu poder pra ser santo, “diminuo” quando acho que ainda não morri para o mundo, “diminuo” quando não desfruto de uma vida de ressurreição.

Qual o tamanho do seu Deus?

A irmã Maria me ensinou sobre a grandeza de Deus com sua simplicidade, sem abrir a bíblia, sem pregar e sem fazer nenhum tipo de coisa extravagante, a irmã Maria me mostrou a soberania e grandeza de Deus com sua vida.

Durante um dos momento que conversamos o Espírito Santo me lembrou do salmo 46 está aqui em baixo, acho que é uma ótima forma de terminar essa reflexão. O grande Deus refúgio e fortaleza. Grande, Bendito, Eterno e Soberano Deus.

Salmo 46

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.

Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.)

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.

Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.

Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.

O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)

Vinde, contemplai as obras do SENHOR; que desolações tem feito na terra!

Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Deixe a Vida Entrar e Venha Para Fora.

Ontem estava em uma reunião de intercessão onde nos juntamos para interceder por irmãos que estavam reunidos em um tempo evangelístico. Começamos com um tempo de adoração com músicas e partimos para a intercessão. Durante um momento em que estávamos intercedendo por irmãos que estão fracos e desanimado tive uma impressão e me lembrei da passagem de Lázaro onde Jesus pede para que os homens tirem a pedra e Ele chama Lázaro para fora, seguimos intercedendo com base nessa passagem declarando vida aos mortos espiritualmente, tenho algumas coisas a dizer sobre essa passagem.

Essa passagem me chama atenção, não pelo fato dos homens tirarem a pedra, se fosse isso você nem precisaria ler esse texto, pois um monte de gente fala isso “a parte do homem é tirar a pedra e a de Deus é ressuscitar…”  tá não é desse clichê evangélico repetido que eu vou falar.

O que me intriga no texto é o fato de quando a pedra é retirada abre-se a possibilidade da vida entrar em Lázaro, vir para fora implica em ter a vida dentro. Ele não conseguiria vir para fora sem ter a vida dentro de si. Isso é interessante porque conosco acontece da mesma forma. O único modo que temos de desfrutar de uma nova realidade de vida que seja relevante em nossa sociedade é depois da morte (não física, ou não..rsrs) é tendo a vida de Deus dentro de nós deixando de ser alma vivente e nos tornando espírito vivificante.

Se você deseja tocar o céu e transformar a terra deixe a vida entrar e venha para fora. Você como Lázaro se tornará um testemunho vivo da realidade de ressureição.

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>

Manifestação do Amor de Deus (Liberdade e Limites)

Depois de alguns dias de conversa com meus amigos Mateus e Thaís que voltaram do primeiro ano da BSSM (Bethel School Of Supernatural Ministry) eu tenho pensado muito a respeito do amor da graça e da liberdade que Deus (Pai) nos proporciona em Cristo Jesus. Por isso escrevo esse post falando sobre a manifestação do amor de Deus. Fato que Deus é amor, isso nós estamos cansados de ouvir e aquele papo de que existem 3 expressões do amor na língua grega o amor fraternal (fileo), o amor entre um homem e uma mulher (eros) e o amor conhecido como amor de Deus (ágape) que tem como diferença básica dos outros que este ama independente do objeto amado.  Como aquele versículo que diz “Deus amou tanto o mundo que deu seu filho para que todos que nele creem não pereçam, mas tenham a vida eterna.”(jo3.16)

Não é sobre isso que quero falar, não quero conceituar o amor nem nada dessas coisas. Vou falar um pouco sobre a manifestação desse amor, sabemos que Deus manifestou seu amor ao mundo através da entrega de Cristo e tudo isso como já disse em cima, mas antes de entregar Cristo ou melhor antes da queda do homem, Deus já manifestava seu amor a Adão. O amor não tinha ainda sudo manifesto pela redenção pois afinal de contas Adão ainda não tinha necessidade de ser redimido.

Então como Deus manifestou seu amor ao homem durante o período antes da queda?

Ele manifestou através da liberdade e dos limites. Adão antes de comer da árvore do conhecimento do bem e do mal não tinha consciência do santo e do profano na verdade não existia o pensamento de santo e profano antes da queda.

Deus estabeleceu o homem no jardim deu-lhe um trabalho, uma companheira e Se relacionava dia-dia plenamente com ele. Deu-lhe liberdade de usufruir de tudo e colocou um limite que era não comer de uma das árvores. Essa liberdade é tão verdadeira que Deus não impediu o homem de comer quando ele tomou a decisão de comer.

Deus mudou?

Não, o homem caiu e Deus através da morte e ressureição de Jesus nos recolocou novamente posição de Adão e na minha opinião ainda maior pois nos fez coerdeiro com Cristo de toda herança que ele tem no Pai (depois leia a carta de Paulo aos efésios que você poderá entender melhor isso). Isso quer dizer que a mesma liberdade que um dia o homem teve nós temos também e isso se manifesta através da graça. Tá se você não acha isso genial, eu acho!

Podemos desfrutar completamente do amor e da liberdade de Deus hoje estamos livres de todo peso que inclui o pecado, do pode não pode, do tenho que fazer isso ou aquilo do manual de regras morto. Podemos desfrutar de um Deus vivo, que fala através do seu livro, habita em nós e na Igreja (seu corpo vivo na terra) que abre os nossos olhos e nos mostra os limites pelo Espírito.

Você pode hoje viver o Reino e desfrutar da justiça, paz e alegria.

Você pode ser livre.

No amor de Jesus,

Pedro Quintanilha ><>